Vivendo com CPAP: Conheça os benefícios desta terapia

Para você e as pessoas que convivem ao seu redor

Como a Terapia CPAP afeta a vida cotidiana do paciente?

A terapia CPAP é uma maneira segura de tratar a apneia do sono. O paciente perceberá os benefícios ao longo do uso: a disposição para as atividades do dia a dia pode melhorar, porque estará dormindo melhor.(1)

Quando utilizado conforme as instruções do seu médico, o tratamento é considerado muito eficaz no controle dos sintomas cotidianos da apneia do sono, tais como dores de cabeça de manhã(2,3), ronco alto, pesadelos frequentes, e sentir-se sufocado à noite.

Concretamente, quando o paciente tiver uma boa noite de sono, correrá muito menos risco de cochilar ao dirigir(4) e se sentirá mais desperto e mais produtivo no trabalho(5). A terapia CPAP também pode aliviar sentimentos de depressão e irritabilidade(6,7), e pode melhorar o desempenho sexual.

Ao tratar a apneia do sono, o paciente estará ajudando a reduzir o risco de problemas de saúde a longo prazo, incluindo: 

  • Hipertensão; (8,9)
  • Derrame ou AVC e doenças cardíacas; (6-9)
  • Diabetes tipo 2; (10-12)
  • Síndrome metabólica. (13)
Usar o CPAP para apneia do sono não somente ajudará a buscar uma vida melhor, mas também tornará o dia a dia mais fácil e mais agradável para as pessoas que convivem com o paciente.

Quais as vantagens do CPAP para as pessoas que convivem com o paciente?

‘Cheio de energia’ e ‘mais atraente’: é assim que a terapia CPAP poderá beneficiar as pessoas que convivem com o paciente.

A apneia do sono não afeta apenas o paciente – ela também afeta as pessoas que convivem ao seu redor. Consequentemente, o paciente não será o único a se beneficiar com o tratamento CPAP. Seu/sua companheiro(a) também poderá ter uma melhor noite de sono, e sua família, amigos e colegas de trabalho se sentirão felizes por vê-lo cheio de energia novamente.

Vivendo melhor com o CPAP

O tratamento com CPAP melhora seu relacionamento

Seu relacionamento

  • Sabia que o fato de roncar e acordar frequentemente à noite pode perturbar o sono do(a) seu/sua parceiro(a)? Seu equipamento de CPAP poderá permitir que ambos(as) tenham um sono bom e restaurador(14).
  • Estudos têm demonstrado que o uso regular do CPAP pode ajudar a melhorar o desempenho sexual e reduzir os problemas sexuais associados à apneia do sono (e.g. disfunção erétil, perda do impulso sexual) (15).
  • Porém o uso de uma máscara pode ser um obstáculo para a intimidade. Para evitar qualquer perda de autoestima, poderá conversar sobre o assunto com seu/sua parceiro(a) e ou com um profissional de saúde.
  • Um estudo científico revelou que o tratamento CPAP melhorou a aparência física de seus usuários! De acordo com as pessoas entrevistadas, os pacientes demonstraram estar mais alertas, joviais e atraentes após o tratamento CPAP (16).
O tratamento com CPAP melhora sua vida familiar

2- Sua vida familiar

  • Sentir-se menos  cansado cronicamente durante o dia poderá ajudar o paciente a manter-se ativo e tirar maior proveito dos momentos especiais que passa com a família(17-20).
  • Poderá conseguir permanecer mais tempo com seus filhos e/ou netos. Além disso, não sentir-se tão sonolento poderá te deixar menos propenso a cair no sono durante as refeições, reuniões familiares, passeios ou atividades de lazer com a família(17-20).
CPAP melhora a vida social e profissional

3- Sua vida social e profissional

  • Sentir-se mais disposto e desperto o tempo todo poderá ajudá-lo a permanecer ativo o dia todo. Reuniões no local de trabalho ou encontros diários com amigos não serão mais um problema (17-20).
  • Poderá perceber melhorias nas suas habilidades ao dirigir, permitindo que se desloque mais facilmente (21).
  •  Sofrer lapsos de memória e ter dificuldade para se concentrar ou prestar atenção são sintomas comuns da apneia do sono que podem afetar sua vida privada e profissional. Esses sintomas poderão ser aliviados se o paciente usar seu equipamento CPAP regularmente (20, 22, 23).

Referências

1.National Sleep Foundation, Sleep and CPAP adherence. Consulted 10/12/2020 @ www.sleepfoundation.org/articles/sleep-and-cpap-adherence
2.Campos-Rodriguez F, et al. Effect of Continuous Positive Airway Pressure on Blood Pressure and Metabolic Profile in Women with Sleep Apnoea. Eur Respir J. 2017;50(2);1700257.
3.Cass E, et al. Depressive Symptoms before and after Treatment of Obstructive Sleep Apnea in Men and Women. J Clin Sleep Med. 2015;11(9);1029-38
4.Mahssa K, et al. Sleep apnea-related risk of motor vehicle accidents is reduced by continuous positive airway pressure: Swedish Traffic Accident Registry data. Sleep 2015;38(3);341-9
5.Siccoli M, et al. Effects of Continuous Positive Airway Pressure on Quality of Life in Patients With Moderate to Severe Obstructive Sleep Apnea: Data from a Randomized Control-led Trial. Sleep. 2008;31(11);1551-8
6.Young T, et al, Epidemiology of obstructive sleep apnea: a population health perspective. Am J Respir Crit Care Med. 2002;165(9);1217-39
7.Young T, et al, Sleep Disordered Breathing and Mortality: Eighteen-Year Follow-up pf the Wisconsin Sleep Cohort. Sleep. 2008;31(8);1071-8.
8. Campos-Rodriguez F, et al. Effect of Continuous Positive Airway Pressure on Blood Pressure and Metabolic Profile in Women with Sleep Apnoea. Eur Respir J. 2017;50(2):1700257.
9. Gottlieb D, et al. CPAP versus Oxygen in Obstructive Sleep Apnea. N Engl J Med. 2014;370(24):2276-85.
10. Mokhlesi B, et al. Effect of One Week of 8-Hour Nightly Continuous Positive Airway Pressure Treatment of Obstructive Sleep Apnea on Glycemic Control in Type 2 Diabetes: A Proof-of-Concept Study. Am J Respir Crit Care Med. 2016;194(4):516-9.
11. Martínez-Cerón E, et al. Effect of Continuous Positive Airway Pressure on Glycemic Control in Patients with Obstructive Sleep Apnea and Type 2 Diabetes. A Randomized Clinical Trial. Am J Respir Crit Care Med. 2016;194(4):476-85. 
12. Aronsohn R, et al. Impact of Untreated Obstructive Sleep Apnea on Glucose Control in Type 2 Diabetes. Am J Respir Crit Care Med. 2010;181(5):507-1
13. Sharma S, et al. CPAP for the metabolic syndrome in patients with obstructive sleep apnea. N Engl J Med. 2011;365(24):2277-86.
14. Doherty LS. et al. Impact of nasal continuous positive airway pressure therapy on the quality of life of bed partners of patients with obstructive sleep apnea syndrome. Chest. 2003 Dec;124(6):2209-14.
15. Melehan KL. et al. Randomized Trial of CPAP and Vardenafil on Erectile and Arterial Function in Men With Obstructive Sleep Apnea and Erectile Dysfunction. J Clin Endocrinol Metab. 2018 Apr 1;103(4):1601-1611.
16. Chervin RD. et al. The face of sleepiness: improvement in appearance after treatment of sleep apnea. J Clin Sleep Med. 2013 Sep 15;9(9):845-52.
17. Sin DD. et al. Can continuous positive airway pressure therapy improve the general health status of patients with obstructive sleep apnea?: a clinical effectiveness study. Chest. 2002 Nov;122(5):1679-85.
18. Sforza E. et al. Daytime sleepiness and nasal continuous positive airway pressure therapy in obstructive sleep apnea syndrome patients: effects of chronic treatment and 1-night therapy withdrawal. Sleep. 1995 Apr;18(3):195-201.
19. Bolitschek J. et al. Impact of nasal continuous positive airway pressure treatment on quality of life in patients with obstructive sleep apnoea. Eur Respir J. 1998 Apr;11(4):890-4.
20. Antic NA. et al. The effect of CPAP in normalizing daytime sleepiness, quality of life, and neurocognitive function in patients with moderate to severe OSA. Sleep. 2011 Jan 1;34(1):111-9.
21. Mazza S. et al. Driving ability in sleep apnoea patients before and after CPAP treatment: evaluation on a road safety platform. Eur Respir J. 2006 Nov;28(5):1020-8.
22. Deering S. e al. CPAP Adherence is Associated With Attentional Improvements in a Group of Primarily Male Patients With Moderate to Severe OSA. J Clin Sleep Med. 2017 Dec 15;13(12):1423-1428.
23. American Academy of Sleep Medicine (AASM). CPAP - Benefits Health Risk Prevention. Aug 2015. http://sleepeducation.org/essentials-in-sleep/cpap/benefits.