Tudo sobre Oxigenoterapia

Solução completa para mais mobilidade e qualidade de vida.

É um tratamento já conhecido, muito usado para tratar doenças do pulmão e do coração. Seu uso facilita a respiração, melhora o metabolismo do corpo e aumenta a força do coração e dos músculos em geral.

Indicações para Oxigenoterapia

Estudos realizados em pacientes com baixos níveis de oxigênio no sangue arterial com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) mostraram que o uso de oxigênio domiciliar, no mínimo por 15 horas/dia, prolonga o tempo de vida desses pacientes. A partir desses estudos, o uso de oxigenoterapia domiciliar tornou-se indispensável para a correção dos baixos níveis de oxigênio no sangue arterial e consequentemente na melhora da expectativa de vida de pacientes com doença pulmonar crônica.

Em alguns casos de fibrose pulmonar, edema pulmonar e pneumonia  também pode ser indicada a oxigenoterapia. O oxigênio deve ser utilizado por pacientes que tenham baixos níveis de oxigênio no sangue. Esses pacientes geralmente também possuem:

  • Dificuldades para realizar sozinhos as atividades de vida diária
  • Função pulmonar e trocas gasosas muito alteradas
  • Depressão e isolamento social
  • Inúmeras internações
  • Idade avançada
  • Outras doenças crônicas associadas

O oxigênio é fundamental para sua saúde. Se você tem DPOC, mesmo quando não está sem fôlego, alguns dos principais órgãos do seu corpo, incluindo coração, cérebro, rins e músculos, podem não estar recebendo oxigênio suficiente e podem ser danificados. Se a sua condição piorar, pode tornar-se cada vez mais difícil desfrutar de atividades diárias simples.

A oxigenoterapia pode ser prescrita por profissionais de saúde para ajudá-lo a lidar com a vida cotidiana.
    Mulher com oxigênio transportável fazendo yoga

    Benefícios da Oxigenoterapia

    Indicada como um medicamento, os benefícios da oxigenoterapia para o indivíduo acometido são:

    • Vida prolongada
    • Maior capacidade de locomoção e de manter uma vida social
    • Melhora do sono e qualidade de vida
    • Melhoria da função cardíaca

    O VitalAire oferece soluções para melhor qualidade de vida!

    Homem deitado utilizando oxímetro de dedo

    Como o oxigênio no meu sangue é medido?

    Seu médico irá confirmar se a quantidade de oxigênio no seu sangue está baixa por meio de testes:

     

    • Gasometria arterial: uma pequena quantidade de sangue é retirada de uma artéria (geralmente no pulso). Esse teste é muito preciso e mede a quantidade de oxigênio e dióxido de carbono no sangue.
    • Oximetria de pulso: um dispositivo posicionado em seu dedo estima a quantidade de oxigênio no sangue. Esse teste é simples e sem dor. Geralmente é realizado em duas etapas: em repouso e durante os esforços.

    Converse com o seu médico em caso de dúvidas!

    Entendendo sua prescrição

    Seu médico indicará a oxigenoterapia adequada às suas necessidades. Sua prescrição poderá ter três partes principais:

    • A taxa de fluxo é a quantidade de oxigênio extra que atenda sua necessidade onde a taxa de fluxo em litros por minuto (LPM) permaneça constante ou mude com base em suas atividades de vida diária.
    • A duração do uso refere-se ao número de horas por dia que a oxigenoterapia deve ser usada. 
    • O tipo de equipamento de fornecimento de oxigênio que você usa será recomendado pelo seu médico com base no seu estilo de vida.

    Segurança no Tratamento

    Em caso de dúvidas para o uso ou a instalação dos produtos, ligue para 0800 555 0322.
    • A Air Liquide proíbe a realização de manutenções e reparos nos equipamentos por parte do cliente/usuário.
    • Utilize apenas água destilada, filtrada ou fervida. Nunca utilize soro no copo umidificador.
    • Utilize o cilindro e o concentrador em local ventilado.
    • Assegure-se de que o cilindro esteja longe de qualquer fonte de calor (fogão, churrasqueira, cigarro, lareira). O cilindro deve estar no mínimo a 5 metros de distância.
    • Os acessórios (cânula nasal, máscara e copo umidificador) são de uso pessoal e são materiais que sofrem desgaste de acordo com o tempo de utilização. Caso precise fazer uso contínuo do oxigênio, recomendamos manter acessórios reservas (cânula nasal, copo umidificador) na residência. O equipamento de oxigênio medicinal deverá permanecer continuamente sob o controle do usuário.
    • O equipamento deverá ser fechado quando não estiver em uso. A limpeza e a assepsia do(s) equipamento(s) deverão ser realizadas em estrita obediência ao procedimento constante no manual do usuário.
    • Certifique-se de que o cilindro esteja fixo no suporte ou com uma corrente na parede. Esse cuidado evitará possíveis quedas e acidentes.
    • Sempre solicite recarga do produto com 24 horas de antecedência.
    • Sempre monitore a pressão do cilindro no manômetro.
    • Nunca altere o fluxo de oxigênio sem a autorização de seu médico
    • Não deixe a cânula no assento/maca ou sobre outros materiais absorventes quando não estiver em uso.Não fume e não utilize o cilindro/concentrador perto de fumantes.
    • Não utilize óleos, gorduras ou qualquer substância para lubrificar as válvulas e os reguladores.

    Baixe PDF 2.59 MB
    Manual de utilização de Oxigênio

    Quem precisa de oxigênio domiciliar?

    Todo mundo precisa de oxigênio. Sem ele, não poderíamos sobreviver, pois nossas células usam oxigênio e nutrição dos alimentos que comemos para produzir a energia necessária para seu funcionamento. O ar que respiramos contém aproximadamente 21% de oxigênio.

    Entenda mais

    Tratamento de Oxigenoterapia

    O suprimento de oxigênio compensa a insuficiência pulmonar e melhora o funcionamento de todos os seus órgãos, o que rapidamente se traduz em alívio dos sintomas: você fica menos cansado, tem mais energia e tônus.

    Saiba Mais