Comprovado! Sono influencia na saúde cardiovascular

Publicado em Setembro 15, 2022

9 mins

Qualidade de sono: mulher dormindo bem
Lista dos fatores de riscos que impactam na saúde do coração.

Nova diretriz da Associação Norte-Americana do Coração (AHA) incluiu o sono na lista de fatores de riscos que impactam na saúde do coração

Dormir bem é considerado um pilar muito importante para saúde, já foi comprovado que o sono influencia no bom desempenho do cérebro. E, recentemente, a Associação Norte-Americana do Coração (AHA) incluiu o sono entre os fatores de risco para a saúde cardiovascular.

Após 12 anos e mais de 2.400 pesquisas científicas avaliadas envolvendo o tema, a associação atualizou a lista das causas que impactam a saúde do coração, publicando a nova diretriz na renomada revista Circulation, com o nome de Life’s Essential 8, esclarecendo a relação entre sono e bem-estar. Os quesitos listados pela AHA são:

  1. Alimentação saudável: procure um padrão geral de alimentação saudável que inclua alimentos integrais, muitas frutas e vegetais, proteínas magras, nozes, sementes e culinária em óleos não tropicais, como azeitona e canola;
  2. Exercícios físicos: é recomendado que adultos façam 2 horas e meia de atividade física moderada ou 75 minutos de atividade física vigorosa por semana. As crianças devem ter 60 minutos todos os dias, incluindo brincadeiras e atividades estruturadas;
  3. Eliminar a nicotina da rotina: retire dos seus hábitos produtos portadores de nicotina, como cigarros tradicionais, cigarros eletrônicos e vaping;
  4. Dormir bem: A maioria dos adultos precisa de 7 a 9 horas de sono por noite. As crianças dependem da faixa etária. O sono adequado promove a cura, melhora a função cerebral e reduz o risco de doenças crônicas;
  5. Perder peso: Alcançar e manter um peso saudável tem muitos benefícios. O índice de massa corporal, um valor numérico do seu peso em relação à sua altura, é um indicador útil. O IMC ideal é 25. Você pode calculá-lo online ou consultar um profissional de saúde;
  6. Cuidados com colesterol: altos níveis de colesterol não-HDL, ou “ruim”, podem levar a doenças cardíacas. Mantenha seus exames em dia para acompanhar o seu colesterol;
  7. Gerenciar o açúcar no sangue: altos níveis de açúcar no sangue podem danificar seu coração, rins, olhos e nervos;
  8. Gerenciar a Pressão Arterial: manter sua pressão arterial em faixas aceitáveis ​​pode mantê-lo saudável por mais tempo. Níveis inferiores a 120/80 mm Hg são ideais. A pressão arterial elevada é definida como pressão sistólica de 130-139 mmHg (o número superior em uma leitura) ou pressão diastólica de 80-89 mmHg (número inferior).

 

Profissional da sáude com o coração na palma da mão

 Segundo a AHA, não basta quantidade, é preciso qualidade. Dormir mal pode ser tão nocivo quanto fumar. No Brasil, as doenças cardiovasculares são as que mais levam pessoas a óbito.

No entanto, as condições que afetam o coração e cérebro podem ser evitadas através de um estilo de vida saudável e isso inclui ter uma boa noite de sono. A Associação Norte-Americana do Coração indica que adultos devem dormir de 7 a 9 horas por noite para ter uma saúde cardiovascular adequada. Para crianças, a quantidade varia de acordo com a idade.

Além disso, para ter um sono equilibrado e saudável é preciso criar uma rotina para este momento. Algumas das práticas que devem ser adotadas são: deitar e levantar nos mesmos horários, evitar bebidas alcoólicas e refeições pesadas à noite, desligar o celular e não assistir TV na cama.

Segundo o cardiologista Donald. M. Lloyd-Jones, presidente da Associação Americana do Coração, a nova métrica da duração do sono reflete as últimas descobertas da ciência: o sono afeta a saúde geral e as pessoas com padrões de sono mais saudáveis gerenciam fatores de saúde como peso, pressão arterial ou risco de diabetes tipo 2 de forma mais eficaz.

Homem dirigindo com sono

Fatores que podem impactar na qualidade do sono

Algumas situações podem influenciar diretamente ou indiretamente na qualidade do sono e, apesar do esforço, há pessoas que não conseguem ter o descanso noturno ideal. Fatores externos, hábitos e distúrbios do sono podem impactar no bem-estar. Veja algumas razões que contribuem para a falta de sono adequada:

  • Apneia do sono;
  • Estresse, preocupação, ansiedade;
  • Insônia;
  • Hábitos alimentares;
  • Sedentarismo.

Se você se identifica com algum dos princípios citados, é recomendado procurar um médico para receber o diagnóstico correto e poder iniciar algum tipo de tratamento, visando melhorar a qualidade do sono, evitar doenças cardiovasculares e outras consequências.

Homem acordando disposto após noite de sono com qualidade.

Como o VitalAire pode ajudar na qualidade do sono

O VitalAire possui mais de 30 anos de experiência com pacientes e médicos, auxiliando no tratamento de apneia do sono e doenças respiratórias crônicas. Planejamos o tratamento ideal de acordo com o diagnóstico e necessidade de cada paciente. Além disso, atendemos 1.8 milhões de pacientes crônicos em 36 países, com soluções de home care para a saúde e bem-estar em todas as fases do tratamento domiciliar.

Oferecemos serviços e produtos completos para o tratamento de apneia do sono, CPAP e acessórios, com equipes técnicas especializadas e atendimento de alta qualidade. Além disso, temos solução em terapia respiratória domiciliar, facilitando a transição dos pacientes do hospital ao ambiente domiciliar com total qualidade e segurança e realizando o tratamento de forma descomplicada.

Referência

AHA PRESIDENTIAL ADVISORY | AHA JOURNAULS | 2022 | Disponível em: https://www.ahajournals.org/doi/epdf/10.1161/CIR.0000000000001078

Comprovado! Sono influencia na saúde cardiovascular

Nova diretriz da Associação Norte-Americana do Coração (AHA) incluiu o sono na lista de fatores de riscos que impactam na saúde do coração.